Segunda-feira, 5 de Julho de 2010



O Retrato de Dorian Gray

 

Obcecado pela beleza de Dorian Gray, que conheceu em casa de Lady Agatha, o pintor Basil Hallward faz dele seu modelo. Basil está fascinado por Dorian que, por sua vez, se deixa envolver por Lord Henry Wotton, que define a beleza como uma forma de génio. Confrontado com a impossibilidade de manter a sua beleza retratada no retrato para sempre, Dorian vende a sua alma em troca da juventude eterna. Ao longo do romance, é o retrato que envelhece, enquanto Dorian conserva os traços perfeitos que Basil inicialmente fixou. A que preço essa beleza se mantém é o que deixamos para descobrir.


Confesso que nunca tinha lido esta famosa obra de Oscar Wilde e que me deixei seduzir pelo aspecto do livro, uma edição de bolso da Bertrand Editora de Dez de 2009.

 

Retirei dessa leitura algumas citações q agora reproduzo:

A nossa alma e as paixões dos nossos amigos: eis as únicas coisas que na vida nos prendem e nos encontram. (pag 23 )

 

São sempre os mais nobres motivos que levam o homem a cometer as coisas mais estupidas ( pag 97)

 

Que lucra um homem ganhando o mundo todo e perdendo a sua alma? (pag 273)

 

 

Oscar Wilde, Foto tirada por mim num restaurante em Liverpool



publicado por baldino às 21:28 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Tecnologia a mais mete me...

Qual a diferença?

Nobreza Portuguesa

O discipulo

Permanecer

Agora é facil

Recordaçoes de Luanda III

Estado de espirito

Rezar com Maria em tempo ...

Fausto, Goethe

arquivos

Agosto 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

tags

2011 balanço

alberto caeiro

alcochete

bebe quiosque revistas social

carlos drummond andrade palavra mágica p

chile orcamento doclisboa howard jacobso

circo chen feira popular lisboa dezembro

fernando pessoa poema felicidade exige v

frankfurt

livro

luanda

magoito

outono

pessoa rossio alma

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds